Entrevistas, Por Aqui, Todas

Perfil das atendentes

8 de dezembro de 20113 comentários.

As jovens universitárias estão fazendo sua estréia como atendentes de salão nas festas de fim de ano (saiba mais aqui). Muitas entraram para o “time” Lajedo agora, mas outras já atuavam como recepcionistas. A gente entrevistou duas delas para vocês conhecerem um pouco o perfil das pioneiras.

O Lajedo é sua primeira experiência profissional?Sim, estou trabalhando pela primeira vez.Por que se interessou em atuar como atendente Lajedo?
Fiquei sabendo do Lajedo pela divulgação de um amigo. Eu já estava à procura de emprego temporário para o fim de ano e certa como extra-Natal em algumas lojas, mas quando soube do Lajedo achei mais interessante. Essa oportunidade de trabalho me oferecia certa flexibilidade, já que não havia a obrigação de vir todo dia, só quando eu estivesse disponível. E poderia continuar nele durante o ano que vem, tirando um dinheirinho extra, que é sempre válido. A ideia de trabalhar no mês de dezembro surgiu pelo fato de eu estar viajando para os EUA em janeiro. Queria juntar um dinheiro para gastar lá. Além da flexibilidade, o Lajedo também me pareceu muito legal, visto que reunia muitos universitários de diversas faculdades. Achei que seria muito animado e essa visão só se confirma a cada evento que faço. Quando a gente se sente cansado, a galera logo dá um gás e nos puxa pra cima.

Quais as suas expectativas antes de começar a trabalhar?
E eu esperava que fosse animado mesmo, mas não tanto como se mostrou.
Esperava que fosse ser divertido, e isso também se confirmou.

O que está achando desse trabalho freelancer?
Apesar de ser ralação, de o “Lajedo ser o aço”, como a galera diz, está valendo muito a pena. É uma experiência única.

Algo a surpreendeu no serviço de atendente?
Tudo é muito novo pra mim, então tudo me surpreendeu, de certa forma. A sensação de você conquistar seu próprio dinheiro, descobrir que se pode fazer muitos amigos no trabalho, que você é capaz de coisas que nem imaginava. Fiquei surpresa também com o fato dos clientes serem muito simpáticos, algo que eu não esperava e que deixa o trabalho mais ameno.

Qual a contribuição dessa experiência para a sua vida?
Essa experiência, apesar de ainda curta, está me enriquecendo muito tanto no âmbito profissional quanto no pessoal. Aprendi muita coisa prática, que posso inclusive utilizar no meu dia-a-dia, como regras de etiqueta. O corpo também se acostuma com o tipo de atividade, com o fato de carregar bandejas com diferentes conteúdos, o que é bem legal. Mas o crescimento pessoal é indiscutível. Aquela sensação, que falei acima, de ganhar seu próprio dinheiro vem junto com a noção de responsabilidade, que é incrível. Você percebe seu crescimento, vê que pode ser útil. Eu considero muito importante esse trabalho na minha vida. Pelo fato de estar cursando Direito e almejar ter cargos maiores no futuro, acho válido lembrar por onde comecei, tendo como valor a humildade.

 

Nome: Alessandra Campos
Idade: 26 anos
Naturalidade: Guaratinguetá, São Paulo
Residência: Seropédica (campus)
Curso/Universidade: Mestrado em Zootecnia | UFRRJ

O Lajedo foi sua primeira experiência profissional?
Estou no Lajedo desde a temporada 2007. Antes de ingressar na faculdade havia feito estágios na área de Técnico em Química, entretanto, experiência profissional mesmo, a do Lajedo é a primeira. E de extrema importância, pois apesar de não ser na minha área, me trouxe um grande desenvolvimento e melhora nas minhas relações interpessoais. Fiz e continuo fazendo grandes amigos. Além disso, a renda obtida com o meu trabalho no Lajedo tem sido essencial para a minha subsistência financeira na Universidade: desde que comecei com esse trabalho freelancer não mais precisei pedir dinheiro aos meus pais.

Já atuava no Lajedo em que funções e há quanto tempo?
Como disse, estou no Lajedo há 4 anos e 5 altas temporadas. Entrei como recepcionista e com o tempo passei a Supervisora de Recepção e Assistente de Cerimonial, entretanto, nunca escolhi função. Já fiz de tudo: trabalhei no aquaplay, no guarda-volumes e na limpeza. Inclusive, fui uma das pioneiras no trabalho como atendente de salão em eventos sociais, pois até então só os meninos exerciam essa função.

O que aprendeu de mais importante nesses serviços?
Por já ter trabalhado em todas essas funções, aprendi a visualizar a logística de um evento como um todo.

O que está achando das meninas trabalharem como atendentes?
Fiquei muito feliz quando soube que meninas seriam selecionadas para trabalhar como atendentes este ano. Pretendo continuar exercendo múltiplas funções no Lajedo.

Quais as diferenças entre atuar no atendimento de salão e na recepção/cerimonial?
A recepção, o cerimonial e o atendimento de salão são funções complementares e extremamente importantes pois estão em contato direto com o cliente. Somos responsáveis por deixá-lo satisfeito e cativá-lo para que volte. A recepção e o apoio ao cerimonial são funções mais formais e de contato geralmente rápido com o cliente, já o atendente circula durante todo o evento e deve ser muito eficiente e atencioso.

Que contribuição você espera que a nova experiência traga para a sua formação?
Trabalhar como atendente me fará desenvolver ainda mais o espírito de equipe, pois o atendente deve trabalhar no que lhe foi designado mas também perceber o que está ocorrendo ao redor no salão para garantir o bom andamento do evento. Essa visão de equipe será extremamente importante quando eu terminar a minha pós-graduação e for para o mercado de trabalho.

 

Compartilhar:

3 Comments

  • ana maria 28 dez, 2011

    eu amo neta e familia

  • jeane da conceição fontoura 28 jun, 2015

    Sou discente no curso de Licenciatura em Educação Física pela UFRRJ e soube das oportunidades oferecidas pela Lajedo por dois amigos que já se beneficiaram em suas vidas acadêmicas.
    Gostaria muito de saber como devo proceder para estar inscrita nessa iniciativa e obter uma oportunidade, pois devido ao meu curso ser integral, não tenho como atuar no mercado de trabalho padrão por ora.
    Desde já agradeço e espero ser agraciada com uma oportunidade.

    • Isabel 04 ago, 2015

      Jeane, estão abertas as inscrições. Entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Assine a nossa newsletter
Receba as novidades do nosso espaço