Curiosidades e receita para ceia de Ano Novo

Você sabia que o Ano Novo se consolidou na maioria dos países há 500 anos? O hábito de vestir branco durante a virada do ano teria se iniciado no Brasil com a chegada de escravos africanos. Para tribos daquele continente, a cor branca representa paz e purificação, o que ajudaria as pessoas a terem um ano novo feliz e renovado, sem as más energias do tempo que passou.
Reveillon em Copacabana

Alguns povos e países comemoram em datas diferentes, como a China em que a festa da passagem do ano começa em fins de janeiro ou princípio de fevereiro. Durante os festejos, os chineses realizam desfiles e shows pirotécnicos. No Japão, o Reveillon é comemorado do dia 1º de janeiro ao dia 3 de janeiro.

A passagem de Ano Novo é o fim de um ciclo, início de outro. É um momento sempre cheio de promessas, os rituais alimentam os nossos sonhos e dão vida às nossas celebrações. Ainda assim não podemos deixar de aproveitar a oportunidade para enchermos o coração de esperança e começar tudo de novo. E para que a festa corra muito bem, há algumas tradições e rituais que não podemos esquecer…

– Fogos e barulho. No mundo inteiro o Ano Novo começa entre fogos de artifício, buzinadas, apitos e gritos de alegria. A tradição é muito antiga e, dizem, serve para espantar os maus espíritos.
– Roupa nova. Vestir uma peça de roupa que nunca tenha sido usada combina com o espírito de renovação do Ano Novo. O costume é universal e aparece em várias versões, como trocar os lençóis da cama e usar uma roupa de baixo nova.

As comemorações variam de cultura a cultura, mas universalmente a entrada do ano é festejada mesmo em diferentes datas. O nosso calendário é originário dos romanos com a contagem dos dias, meses e anos. Desde o começo do século XVI, o Ano Novo era festejado em 25 de Março, data que marcava a chegada da primavera.

As festas duravam uma semana e terminavam no dia 1º de Abril. O Papa Gregório XIII instituiu o 1º de Janeiro como o primeiro dia do ano, mas alguns franceses resistiram à mudança e quiseram manter a tradição. Só que as pessoas passaram a pregar partidas e ridicularizar os conservadores, enviando presentes estranhos e convites para festas que não existiam. Assim, nasceu o Dia da Mentira, que é a falsa comemoração do Ano Novo.

Após as comemorações e excessos gastronômicos do Natal, é hora de se preparar para começar tudo de novo: a ceia do Reveillon.
Se você pretende comemorar em sua casa, com sua família ou seus amigos, uma boa dica é criar um ambiente agradável servindo uma ótima comida saborosa, gostosa e prática. Assim, escolhemos uma receita para você arrasar na comemoração da virada de ano:

TENDER DE ABACAXI

O tender é uma carne que combina muito bem com sabores ácidos e adocicados.
– 1 tender com cerca de 3,5 kg
– Coloque o tender em uma assadeira e depois faça furos profundos na carne.
– Tempero:
1 abacaxi sem o miolo, cortado em pedaços;
1/3 xícara (chá) de mostarda;
1/3 xícara (chá) de molho inglês;
1 xícara (chá) de açúcar mascavo;
1 xícara (chá) de vinagre.

Bata todos os ingredientes no liquidificador e preencha as cavidades da carne com parte do tempero. Despeje o restante por cima do tender.
Leve ao forno quente (200ºC) pré aquecido e asse por cerca de 1 hora, até dourar. De vez em quando, regue o tender com o tempero.
Sirva em temperatura ambiente, decorado com rodelas de abacaxi e cerejas em calda.
Aposte nessa receita e surpreenda os seus convidados, vale a pena!

 Tender com Abacaxi

Compartilhe este post

Comentários

Pesquisar
Seguimos
Receba nossas notícias